PROJETO EDUCATIVO

Introdução

O presente Projeto Educativo entrou em vigor em 2014 e está articulado com as orientações curriculares definidas por lei do Ministério de Educação e Ciência, quanto aos tempos semanais para as disciplinas. As alterações da carga horária ou da organização curricular de carácter obrigatório estão em conformidade com a lei e entram em vigor segundo os mesmos dispositivos legais.

O presente Projeto Educativo é acompanhado pelo Regulamento Interno do Colégioe é concretizado através dos Planos de Trabalho de Turma e dos diversos projetos de trabalho transversais, envolvendo a comunidade educativa como um todo.

Este Projeto Educativo tem como principais linhas de força:

  • Um ambiente de ensino orientado para o problem-solving, através do qual os nossos estudantes:

  • aprendem a pensar, não sendo condicionados por uma linha de pensamento predefinida;

  • estabelecem boas relações com os seus pares e com os seus professores;

  • aprendem a  disciplinar-se  e autocontrolar-se   enquanto crescem e se  desenvolvem intelectualmente;

  • integram-se na sociedade com um olhar para o presente, numa visão de futuro;

  • usam o conhecimento e o saber, bem como os valores que lhe são transmitidos no contexto escolar, para se tornarem jovens responsáveis e atentos.

 

  • Uma organização curricular dinâmica e de interação entre as várias disciplinas, dando atenção ao desenvolvimento físico e artístico. 

  • O reconhecimento da diferença que existe entre as pessoas orienta os docentes para a diferenciação pedagógica.

  • Uma monitorização cooperada, por parte do corpo docente, apoiada por representantes de toda a comunidade educativa, coletivamente implicada na sua conceção e desenvolvimento.

Com estas linhas de força, o Colégio antecipou em alguns anos a flexibilização legislada desde o ano letivo 2017-2018 e algumas orientações importantes deixadas pelo OCDE aos países que a integram.

Trabalho Pedagógico

O Colégio Académico considera reunir condições para fortalecer o projeto educativo no que se refere à gestão de aprendizagens significativas, parcialmente assente em projetos de trabalho definidos pelos seus estudantes, que são ativamente envolvidos na gestão do currículo bem como do espaço e do tempo no qual este é desenvolvido.

A diversidade cultural existente na comunidade escolar e educativa, ligada a um relacionamento interpessoal beneficiando de um clima afetivo-emocional positivo e acolhedor, são um dos aspetos mais favoráveis do Projeto Educativo. 

Os docentes do Colégio têm uma grande abertura à criatividade dos estudantes, criatividade que é por regra estimulada nos projetos de trabalho que pretendem realizar.

A partilha dos conhecimentos é encorajada como uma das estratégias de trabalho para fortalecer o pensar por si próprio.

O Colégio prossegue numa linha de trabalho que promove a autonomia e a interação entre alunos de diferentes idades. Reforça a organização com a qual, no caso dos projetos de trabalho, a seleção de conteúdos vai ao encontro dos interesses dos estudantes, nomeadamente, para nalguns casos utilizar os projetos de trabalho transversais como base para aulas dinâmicas, no que respeita às atividades disciplinares em contexto de sala de aula.

Compromissos que assumimos até 2022

Para facilitar a leitura do desenvolvimento curricular que o Colégio Académico se propõe através do seu projeto educativo, a ação sintetiza-se em três linhas de trabalho principais: garantimos uma atividade disciplinar dinâmica e interativa; desenvolvemos e aprofundamos os projetos de trabalho transversais às disciplinas e aos anos de escolaridade; incentivamos a cidadania no ato.

Atividade disciplinar em aulas dinâmicas e interactivas:

  • Os docentes estimulam o trabalho cooperativo, o que implica a instalação de um espaço/tempo no qual ocorre, sempre que necessário, a gestão de eventuais conflitos decorrentes do desenvolvimento do trabalho, baseado na negociação e no sentido de assegurar um clima de aula adequado.

  • Os docentes comprometem-se à reelaboração dos objetivos por departamento, para assegurar o trabalho interdisciplinar (interdisciplinaridade) baseado em projetos de trabalho, integrando-os no trabalho disciplinar, sempre que possível.

  • São gradualmente criados recursos que estruturam o conhecimento em patamares associadas a mecanismos de autoavaliação ou avaliação partilhada, para facilitar as aprendizagens recorrendo a dinâmicas de trabalho a pares, sustentado por uma prática de diferenciação pedagógica.

  • Com a continuada promoção do trabalho autónomo e das tutorias, o iPad disponibilizado a cada estudante, obriga a regras elaboradas coletivamente referente ao uso responsável desta ferramenta de trabalho e a sua avaliação.

  • A aprendizagem das línguas estrangeiras inscritas no currículo (atualmente o inglês e o espanhol) passa pela sua integração nas outras disciplinas quando da abordagem de conteúdos disponibilizadas nestas mesmas línguas.

  • A motivação dos estudantes passa pela significação do trabalho a desenvolver.

  • As aprendizagens significativas acompanham as aprendizagens essenciais inscritas no currículo nacional. Para que elas tenham lugar, os docentes favorecem dinâmicas de trabalho centradas na atividade de rigor dos estudantes.

  • A valorização dos resultados escolares situa-se na cooperação. Adotando uma atitude positiva, os docentes investem na diversificação de recolha de informação para a avaliação pessoal dos estudantes em relação à apropriação do currículo e educação formal e estimula a avaliação do desenvolvimento de competências propícios à aprendizagem individual ou coletiva.

Projetos de trabalho transversais

São grandes opções para a transversalidade inerente aos projetos de trabalho definidos por estudantes e docentes:

  • Os docentes e os estudantes criam condições para dinamizar as aprendizagens e a aplicação global dos projetos de trabalho transversais aos dois ciclos.

  • Os docentes integram, sempre que possível, projetos de trabalho ou, em alternativa, trabalho de projeto no desenvolvimento curricular para as disciplinas que lecionam.

  • Os docentes e estudantes diversificam as ferramentas de pesquisa.

  • Os docentes e estudantes fomentam, desenvolvem e estimulam a imaginação e a criatividade dos autores dos projetos de trabalho.

  • Os docentes e os estudantes estabelecem os compromissos necessários para garantir o trabalho entre pares e uma eficaz gestão do tempo, fazendo dele, em cada momento de monitorização o juízo crítico.

  • Os docentes e os estudantes estabelecem sempre que possível pontes para a comunidade educativa alargada.

  • Os docentes relevam modos de pesquisa divergentes (no seio dos grupos de trabalho) levando à diversificação de ferramentas de trabalho.

  • Os docentes e os estudantes cultivam uma avaliação participada com componentes coletivos e individuais dos projetos de trabalho.

  • Os docentes geram o arquivo dos trabalhos para posterior consulta.

Cidadania no ato

  • Os docentes e os estudantes desenvolvem modos de trabalho cooperativo de acolhimento de estudantes estrangeiros ou que falam uma língua diferente do português. Este trabalho inclui a criação de um núcleo de acolhimento constituído por estudantes e docentes.

  • Os docentes proporcionam contextos propícios para formação de valores e atitudes, seja no ato, seja através de reflexões que decorrem de projetos de trabalho promovendo uma inclusão plural.

  • Os docentes fomentam uma dinâmica de cidadania ativa, ética, social e informada, estimulando o juízo crítico entre todos os participantes de um processo de trabalho.

  • Os docentes devem diversificar as formas de avaliação, incluindo a avaliação pelos pares.

  • Os docentes e os estudantes recorrem aos projetos de trabalho e a sua organização para desenvolver capacidades de liderança dos envolvidos.

  • Os docentes criam condições e discutem com os estudantes estratégias para um maior envolvimento e abertura à comunidade.

  • O colégio dinamiza, nos termos que a lei permite, um canal youtube dos estudantes.

  • O colégio prepara-se para, através dos princípios da escola humanista e de trabalho de responsabilidade social, ir ao encontro da Rede de Escolas de Educação Intercultural (REEI) e da Eco Escolas, no sentido de ganhar o selo da primeira e de reintegrar a segunda.

O Colégio Académico está situado no centro de Lisboa, perto do Saldanha, num edifico histórico.
Tel.: 213 558 630 - Avenida da República 13 - 1050-185 Lisboa

© 2019 por Colégio Académico   | Orgulhosamente criado por Tradi